Exames

Exame de Endoscopia Digestiva Alta

Preparo para o Exame de Endoscopia Digestiva Alta:

1 – Comparecer no dia do exame em JEJUM DE NO MÍNIMO 8 HORAS, não beber água 3 horas antes do exame.
2 – Vir acompanhado de pessoa adulta, pois não é recomendado dirigir veículos no dia do exame.
3 – Qualquer dúvida entre em contato.

Informações sobre Endoscopia Digestiva Alta:

O que é?
É um exame indicado para avaliação diagnóstica e, quando possível, tratamento das doenças da parte superior do tubo digestivo, incluindo o esôfago, o estômago e a porção inicial do duodeno. Ele é realizado introduzindo-se pela boca um aparelho flexível com iluminação central que permite a visualização de todo o trajeto examinado. O exame pode ser realizado com anestesia tópica (um spray de anestésico na garganta), com sedação ou ambos. A medicação é administrada por uma veia para permitir que você relaxe e adormeça.

O que acontecerá durante o exame?
Com a medicação utilizada, você não sentirá nada durante o exame ou um leve desconforto na garganta.
Pequenas amostras de tecido (biópsias) são colhidas durante o exame para análise microscópica detalhada. Não se preocupe, não dói.
Na presença de lesões elevadas (pólipos), o médico poderá realizar retirada da lesão (polipectomia) durante o exame.
A duração média do procedimento é de 10 minutos.

Quais são os riscos do procedimento?
A endoscopia digestiva alta é um exame seguro.
No entanto, como todo ato médico, ela não é isenta de riscos.
A complicação mais frequente é flebite (dor e inchaço no trajeto da veia puncionada).
Complicações mais sérias são muito raras ocorrendo em menos de 0,2% dos casos, podendo estar relacionadas ao emprego de medicamentos sedativos ou ao próprio procedimento endoscópico. As medicações utilizadas na anestesia/sedação podem provocar reações sistêmicas de natureza cardiorespiratória, como diminuição na oxigenação sangüínea e alterações no ritmo cardíaco (bradicardia e taquicardia) e na pressão arterial sistêmica (hipotensão). Esses efeitos colaterais são constantemente monitorizados durante o exame com o uso de monitor de oxigenação sangüínea e de controle da freqüência cardíaca, para tratamento imediato de qualquer uma dessas complicações.

Prepara para o Exame de Colonoscopia

Colonoscopia

Preparo para Colonoscopia:

1) Na véspera do exame

Dieta sem resíduos.
Alimentos permitidos: água, chá, água de coco, sucos coados, gelatina, torradas, bolacha água e sal, geleias, canja, sopas batidas, peito de frango, peixe grelhado, arroz, macarrão sem molho, purê de batatas, isotônicos (Gatorade® e similares).
Não ingerir frutas, folhas, cereais, sementes, verduras, leite e seus derivados.
Medicação: Bisacodil 5mg (Exemplos: Dulcolax®, Humectol-D® ou Lacto-purga®) 2 drágeas via oral às 20h (pode causar, dentre outros efeitos, cólicas). A medicação fará efeito somente na manhã seguinte, podendo e devendo você realizar normalmente suas atividades laborais nesse dia.

2) No dia do exame

Desjejum: chá, sucos claros e água de coco (coados), gelatina e isotônicos. Não almoçar.

Preparo com solução de manitol – Pode ser encontrada na Unicom ou Farmacotécnica
Às 7h tomar 01 comp. de Plasil®, Vonau® 8 mg ou Dramin B6® (preferencialmente Vonau®).
Diluir 750 ml de MANITOL 20% em 750 ml de suco de laranja coado e sem açúcar. Tomar um copo da solução a cada 10 minutos a partir das 08h.

Importante: ingerir líquidos claros à vontade até 4h antes do exame para evitar desidratação. Caminhar (no próprio domicílio) facilita o preparo.

Sucos claros coados e água de coco podem ser consumidos até 4h antes do exame; água, até 2h antes do exame.

Caso não seja respeitado esse jejum, o exame poderá ser CANCELADO.

3) Medicações

As seguintes medicações devem ser suspensas antes do procedimento, preferencialmente após contato com seu médico:
– Anticoagulantes: (Marevan ou marcoumar) suspender 3 (três) dias antes do procedimento;
– Antiagregantes Plaquetários / anti-inflamatórios (AAS, aspirina, clopidogrel, nimesulida, diclofenaco e outros): suspender 7 a 10 dias antes do procedimento, ou seguir orientações do seu médico assistente. Se em uso de hipoglicemiantes orais, metformina e/ou insulina, utilizar 1/3 da dose na noite anterior e nada no dia do exame, ou seguir orientações do seu médico. Utilizar as demais medicações normalmente, inclusive na manhã do exame.

ATENÇÃO: Em caso de dor abdominal forte ou distensão abdominal, suspender o preparo, ligar para o seu médico ou procurar o pronto-socorro.

4) Vir acompanhado por pessoa maior de idade no dia do exame.

5) Não portar dentadura ou objetos de metal durante o procedimento.

6) Pacientes do sexo feminino deverão retirar esmaltes das unhas das mãos, pois dificultam a leitura dos parâmetros de oxigenação sanguínea pelo oxímetro que é colocado no dedo durante a realização do exame

7) Após o exame

Não dirigir/manipular máquinas, assinar documentos importantes, exercer atividades físicas ou que requeiram atenção. Ingerir alimentos leves e grande quantidade de líquidos. Você poderá voltar às atividades cotidianas no dia seguinte. Havendo febre, dores abdominais intensas, ou sangramento, encaminhar-se ao pronto socorro ou entrar em contato com a clínica.

Se houver impossibilidade de comparecer, favor desmarcar com antecedência mínima de 48 horas.

Informações sobre a Colonoscopia.

A colonoscopia destina-se a avaliar o reto, o intestino grosso e, caso necessário, parte do íleo terminal. Ela possibilita o diagnóstico e tratamento de diversas doenças, embora algumas lesões possam passar despercebidas. As complicações mais importantes são: cólicas, náuseas, vômitos, desidratação e, mais raramente, aspiração, reações alérgicas, sangramento e perfuração intestinal, este último ocorrendo em menos de 0,1% dos exames.